Inflação: A Revanche

27 de julho de 2015

Preço da banana

Em maio deste ano, quando a bolsa chinesa era só alegria para quem comprava ações, publiquei uma foto sui generis de um fruteiro com seu laptop ligado acompanhando as cotações das ações açõess-preço-de-banana. Desde de junho, depois do CSI300, índice mais conhecido naquele mercado, ter atingido a marca de 5.353 pontos, uma onda de vendas colocou o mesmo a 3.819, uma queda nada desprezível de aproximadamente 30%. Só esta noite o índice desmoronou 8,5%!

É bem verdade que um ano atrás o nível encontrava-se a 2.400 e mesmo com todas estas quedas, a alta ainda é de 60%. Mas as coisas não funcionam desta forma racional, a sensação é de perda generalizada, mesmo para quem comprou naqueles níveis. Os motivos da queda são muito difusos, ninguém conseguiu explicar muito bem, e apelaram para "fatores técnicos".

Quanto ao fruteiro citado no post acima, deve estar se lamentando e descobriu que as ações não estavam a preço de banana. Agora vai ter que se concentrar em seu negócio e, na melhor das hipóteses, poderia especular com o preço da mesma. Mas eu o alerto que a banana ainda tem outro complicador, apodrece!

- David, vai direto ao assunto, como fica o dólar agora?
Calma, já ia chegar lá. Acho que você está vendido em dólares! Hahahaha... No post fed-cheers, fiz os seguintes comentários: ...Resumindo isso em números, acima de R$ 3,32 a alta ganha força, o que destaquei com a linha vermelha. Já para a queda do dólar se concretizar, antevejo três pontos, primeiro ao redor de R$ 3,12, depois o famigerado R$ 3,05, e finalmente os R$ 2,90.... Publiquei também, o gráfico a seguir.
Na sexta-feira o dólar ultrapassou os R$ 3,32 e agora novas altas são esperadas. Quando isso acontece é necessário uma reavaliação dos gráficos de mais longo prazo, e foi o que eu fiz, veja a seguir.


Estimo uma alta ao redor de R$ 3,50/3,55 e depois deste patamar um período de várias semanas de quedas do dólar para um nível ao redor de R$ 3,00/2,90 a ser melhor calculado mais a frente, uns 6% das cotações atuais. Se você quiser arriscar uma compra, sugiro um stop a R$ 3,22, não parecendo um bom risco retorno. Eu não vou fazer nada.

- David, e se o dólar não te "obedecer" e continuar subindo?
Hahahaha... gostei da colocação! Bem aí as coisas ficam mais delicadas. Eu postei algumas vezes, os pontos em que tolerava altas do dólar. Disse também, que a R$ 3,60, acendia-se uma luz amarela, mas que o nível que mudaria minhas previsões de mais longo prazo é R$ 4,00. Este é o plano de jogo para o real, e não vou ficar imaginando qual seria o plano B, uma vez que, o resultado basicamente seria de novas altas a níveis bem mais elevados.

Por enquanto o "dólar - dólar" está reinando principalmente contra as moedas dos emergentes, e nem tanto contra os desenvolvidos, quando se observa o DXY, que contém uma concentração elevada em sua ponderação do euro. Como dizia um colega de mercado: "água de morro abaixo, fogo de morro acima, e ¨&()*&&¨¨%$, ninguém segura!" A terceira frase eu retirei porque vocês me chamariam de machista! Hahahaha.... 

O SP500 fechou a 2.067, com queda de 0,58%; o USDBRL a R$ 3,3665, com alta de 0,29%; o EURUSD a 1,1091, com alta de 0,94; e o ouro a US$ 1.04, com alta de 0,37%.
Fique ligado!

Nenhum comentário:

Postar um comentário