Inflação: A Revanche

1 de julho de 2016

Road Map


As vésperas da minha viagem o assunto será unicamente técnico, embora não temos posição em nenhum mercado. Algum leitor pode querer fazer uma aposta sob sua gestão, afinal depois de quase 5 anos de Mosca, espero que vocês já sejam experts no assunto.

Vou começar pelo real que foi um ativo que o Mosca esteve correto durante o 1º semestre deste ano. No gráfico a seguir, a região hachurada deveria conter a queda do dólar. O primeiro nível é R$ 3,10 e o seguinte R$ 2,80. Até aí eu aceito sem problemas, para dizer a verdade, o último é um pouco esticado. Abaixo desse nível, vou ter que refazer minhas análises, ficando assim para o momento oportuno, se acontecer.

O SP500 fechou hoje na máxima e a cada vez mais, a chance de rompimento do nível de 2.130 se eleva, desafiando todos os grandes investidores que estão apostando na queda. Caso haja o rompimento a alta vai ser expressiva, merece uma aposta se acontecer. Coloque um stop curto ao redor de 2.050.


O ouro foi objeto de comentários no post de ontem, e lá foram dados os motivos do porque não vou comprar agora. No gráfico abaixo a formação dos quatro últimos meses, são indicadores de uma alta no longo prazo. É provável que daqui algum tempo estará negociando acima de US$ 2.000.

Já o euro continua em sua formação triangular algum tempo, mas está chegando mais próximo o momento que deva cair abaixo de 1,05. Seu objetivo inicial é de 0,98 - 1,00.

Se vários países desenvolvidos têm juros negativos por que não os USA? É o que diz o gráfico dos juros de 10 anos, a taxa deveria caminhar para algo em torno de 0,5% a.a.


Minha aposta é que o Bovespa ainda está completando sua correção que terminaria ao redor de 57.000, conforme apontado no gráfico. Somente acima desse nível poderemos afirmar que o nosso índice acionário irá buscar novas máximas.


É isso em breve a minha visão para os mercados no médio prazo. Mas como no longo prazo estaremos todos os mortos, no dia 19/07 o Mosca volta com sua publicação diária.
Até breve!

O SP500 fechou a 2.102, com alta de 0,19%; o USDBRL a R$ 3,2312, com alta de 0,56%; o EURUSD a 1,1125, com alta de 0,20%; e o ouro a US$ 1.345, com alta de 1,47%.

Nenhum comentário:

Postar um comentário