2020: O risco vai compensar?

29 de novembro de 2012

Assim é a China



No post nuvens-negras-na-china externei minha preocupação quanto ao desempenho da bolsa Chinesa, que diga-se de passagem, ontem atingiu uma nova mínima dos últimos 4 anos, quando todas as outras bolsas tiveram um desempenho positivo. Acima atualizei o gráfico comparativo com o SP500, ele diz por si só. Mas realmente o que chamou a minha atenção foi esta foto abaixo, confesso que quando eu olhei pela primeira vez, tive dificuldade de entender o que tinha ocorrido. 


Ao ler o artigo me inteirei que o dono deste imóvel se recusou a vender sua propriedade para que pudesse passar uma avenida, como não se chegou a um acordo, foi essa a solução dada. O que tem isto com nossos negócios? Este fato demonstra a forma como os Orientais encaram a sua vida, onde a honra prevalece sobre qualquer lógica.
O dono deste prédio vai ter uma vida horrível, não terá mais sossego, e para quem transita na rodovia é um desconforto enorme e perigoso. Mas nenhuma das partes abriu mão, mesmo que a solução fosse péssima para ambos.

Está situação me faz refletir que, nós projetamos quais seriam os passos lógicos que a China deveria tomar para se enquadrar numa economia de mercado, mas do ponto de vista deles este é um fator menor, o que importa é quais são seus objetivos, e se estes se chocam com a de seus parceiros. Cuidado não use a lógica acreditando que irão ceder porque faz mais sentido, se não for de seu interesse pode esperar uma estrada com um prédio no centro.

Vocês já ouviram a frase que Investimento em ações é para o longo prazo? Tenho certeza que sim, pois bem, veja o gráfico abaixo que apresenta o número de meses que os investidores mantem uma ação em seu portfólio, nos USA.

Algum fator fez com que os investidores alterassem muito seu comportamento, e não é  recente, já vem acontecendo há muito tempo. O que será? Altas expressivas fez com que realizassem lucros? Maior acesso à informações das empresas em períodos cada vez menores? Falta de confiança no futuro? Não sei responder, mas que ações não são mais investimentos de longo prazo, não são! 

O SP500 fechou a 1.415, com alta de 0,43%; o real a R$ 2,0980, com alta de 0,29%; o euro a 1,2973, com alta de 0,18% e o ouro a US$ 1.725, com alta de 0,33%.
Fique ligado!


Nenhum comentário:

Postar um comentário