2020: O risco vai compensar?

13 de novembro de 2012

Scrooge McDuck


Duvido que alguém não tenha lido as histórias do Tio Patinhas quando era criança, podem me chamar de saudosista, talvez eu seja mesmo, mas para o assunto de hoje ele é o personagem que mais se encaixa. Se eu tivesse que apontar duas de suas características seriam: Ser"pão duro" e mergulhar em seu cofre-forte lotado de moedas. Fale a verdade, você já teve vontade de mergulhar numa piscina similar! Hahahahah....
Seu nome em Francês é Scrooge McDuck.

O ECB, comandado pelo super Mário, anunciou que faria o possível e o impossível para salvar o euro, e para tanto liquidez não seria problema, era só passar no caixa. Acontece que os Bancos levantaram montanhas de dinheiro, dando em garantia títulos de dívida dos países europeus e ao invés de emprestar este recursos, estão depositando de volta no ECB, veja figura abaixo.

Embora o incremento esteja desacelerando, neste último trimestre cresceu 3% em relação ao anterior, o esperado é que estivesse caindo pois só assim mostraria uma maior confiança dos bancos em emprestar estes recursos. A estratégia dos bancos foi fazer apenas um lucro ao invés de dois. Me explico, imagine que o DB ao saber do financiamento do ECB por  3 anos a juros de 1%a.a, resolve financiar sua carteira de papéis do Club Med, rendendo mais de 5% a.a. Não precisa ser um grande financista para calcular que auferiria um lucro de 4% a.a., nada mal nos tempos de hoje, este é o lucro um. Ao fazer isso recebe os recursos do ECB, e em seguida pode alocar este dinheiro para empréstimos, realizando o lucro dois. Mas ao invés disso, o banco resolveu redepositar o dinheiro no ECB.


Assim o Super Mário que esperava dar um tempo em seus mergulhos no cofre por uns 3 anos, de repente viu a sua "piscina de moedas" se encher novamente, e se continuar insistindo por este caminho vai fazer a felicidade do sistema bancário Europeu além dos Governos, pois a cada nova rodada de injeção, as taxas dos títulos Governamentais tendem a cair e o lucro dos bancos aumentam. O único probleminha é que, ao passar o tempo, se algum país ficar insolvente, o grande prejuízo será do ECB, uma vez que os bancos, por não conseguir saldar suas dívidas com o ECB, deixariam o pepino com ele. Se isto acontecer, os  "eurinhos" do Super Mário McDuck vão perder valor, da mesma forma que as do Tio Patinhas!

O SP500 fechou a 1.374, com queda de 0,40%; o real a R$ 2,0575, com alta de 0,33% ( Xiiiiii o BC esqueceu da banda!); o euro a 1,2705, sem variação e o ouro a US$ 1.724, com queda de 0,20%
Fique ligado!

Nenhum comentário:

Postar um comentário