Inflação: A Revanche

18 de maio de 2015

Fantasmas rondam a Europa

Quem tem medo de fantasma? Se prontamente respondeu que não, pense melhor naquelas noites em que estava sozinho em casa e de repente, ouvia um barulho. Por via das dúvidas, era preferível não levantar da cama, e como diz aquele ditado espanhol: Yo no creo em brujas pero que las hay, las hay! 

Parece que é este o momento da Europa em relação a Grécia, por mais que todos acreditam que, uma saída desse país do euro seja algo que não teria grandes repercussões, mas quem pode garantir que sera assim? O mês de junho é desafiador. Depois do pagamento efetuado em maio e tão reportado pela imprensa, o Primeiro-Ministro Alexis Tsipras, escreveu uma carta para a Gerente Geral do FMI, Christine Lagarde, alertando que não conseguira pagar a próxima parcela . Vejam a seguir os próximos vencimentos.

Neste meio tempo, o governo Grego deu um literal "enrrolation" em seus credores, ao fazer muito pouco do que havia se comprometido, em termos de reformas e cortes. Os valores são relativamente pequenos quando comparado com países como Alemanha, França e outros, mas o grande problema da Unidade Européia é que todos os membros têm que estar de acordo. Existem alguns rumores que a Comissão Européia teria oferecido um pacote generoso para os Gregos. Mas como comentado acima, vai depender da aceitação individual de cada membro.

Como no caso do fantasma quando crianças, neste caso, o fantasma pode ser real, agora se ele sera um Gasparzinho, só esperando para ver! Hahahaha ....

No post o-PT-perdeu-as-eleições, fiz uma sugestão de trade para o ouro: ...Em todo caso, vou manter minha recomendação de compra a US$ 1.167, com stop a US$ 1.135, e esperar que o mercado decida para que lado quer ir. Agora, se por um acaso subir e ultrapassar US$ 1.225, vamos fazer como no euro, e comprar nesse nível... E na Europa, pela manhã, negociou acima desse nível.

Se no fechamento de NY os preços estiverem acima de US$ 1.225, considero o trade efetuado e assim, o stoploss pode ser colocado em US$ 1.200.

- David, esqueceu do real?
De maneira nenhuma, acontece que não aconteceu nada de muito interessante. No post comprados-e-vendidos-quem-são?.comentei que existiam dois níveis onde alguma ação poderia acontecer: ...Para resumir, entre R$ 3,10 - 3,15, o dólar deveria reverter e começar a cair novamente, para buscar novas baixas que se confirmará negociando abaixo de R$ 2,88. Se por outro lado, as cotações não reverterem e penetrarem a região de R$ 3,15 - 3,32, vamos ficar observando, e só acima desse último, o movimento de alta do dólar pode estar ganhando força de novo. ...Se você for corajoso, pode arriscar uma venda de dólar a R$ 3,15 com um stop a R$ 3,22, arriscar 2.2% para buscar um retorno superior a 9%...

No gráfico acima, a região dentro do retângulo azul não motiva a nenhuma ação. O preço de R$ 3,00, parece existir tabu. Já ouvi várias pessoas dizendo que abaixo desse nível deve-se comprar todos os dólares disponíveis. Não acredito nesses números mágicos, eles o são, até a hora que não são mais, e depois ninguém se lembra mais. 

Esta foi a razão de não ter atualizado antes, não tenho nada a acrescentar!

O SP500 fechou a 2.129, com alta de 0,30%; o USDBRL a R$ 3,0062, com alta de 0,35%; o EURUSD a 1,1314, com queda de 1,21%; e o ouro a U$1.225, com alta de 0,25%.
Fique ligado!

Nenhum comentário:

Postar um comentário