Inflação: A Revanche

26 de junho de 2015

Acertar no pico é pura sorte!

O post de hoje é muito importante para sua vida de investidor. Não vai falar de economia, política, e muito menos sobre futebol, o assunto de hoje é sobre comportamento financeiro (financial behaviour). Não adianta nada você ter boas intuições sobre o futuro, se não cuidar da administração do risco. Quando eu trabalhava no BFB, conheci um alto executivo de um banco concorrente, que sempre acertava tudo! Veja esta simulação para entendam como era?

Master: David comprei dólar a R$ 1,60, na bacia das almas.

Você ficava com aquela cara de taxo, mas engolia firme, pois a cotação estava em R$ 1,80. O dólar continuava a subir e chega na máxima a R$ 2,00, depois recua para R$ 1,70.
Como ele sempre gostava de contar vantagens, queria reencontra-lo.

David: Master tudo bem? E aquela posição de dólares?
Master: Vendi tudo a R$ 2,00!
A vontade era mandar ele para aquele lugar, ou dizer se ele achava que meu ouvido era pinico! Hahahaa... Mas se vocês acham que terminava por aí, se enganam, em seguida, vinha esta.

Master: Você não vai acreditar, além de liquidar toda a posição que tinha comprado, aproveitei a cotação alta, e vendi a descoberto!

Histórias como esta existem aos montes, já devem ter escutado algumas. Pode até ser que algumas sejam verdadeiras, mas o que isto pode mudar a sua vida, absolutamente nada! Se você passou por uma situação dessas e colocou todo seu dinheiro, é completamente louco. Partindo da hipótese que foi mais um trade, que diferença vai fazer no longo prazo? Nenhuma! Agora do ponto de vista emocional, se você se deixar levar pelo seu ego, provavelmente vai perder muito dinheiro daí em diante.

No post ações-preço-de-banana, procurei mostrar que estava acontecendo uma frenética paixão dos chineses pela sua bolsa de valores, ou melhor, em ganhar dinheiro fácil. A quantidade de abertura de novas contas, usando contratos de margem para alavancar, estava na casa de milhões: ...A bolsa de valores na China vem chamando a atenção em 2015, agora é oficial, sua alta supera os 100%. No post camelô-de-mercado, mostrei coisas inéditas que vêm acontecendo naquele país, como um camelô dando aulas de como investir na bolsa... ...Com certeza, deve estar dando mais lucro comprar e vender ações, que vender frutas! Ou será que as ações estão a preços de banana? Hahahaha... A economia não está compatível com tanto otimismo.



Só ontem a queda no índice Shanghai foi de 7,40%, acumulando um total de 17% do pico atingido no início deste mês. O Mosca sabia que a queda era eminente? Imagina, de jeito nenhum! O que o Mosca estava alertando, é que uma onda especulativa tinha tomado conta dos chineses, e que nestes momentos tudo fica perigoso, hora de apertar os stops, se estiver comprado.

- David, então estourou a bolha?
Não dá para saber ainda, precisa esperar um tempo para avaliar qual vai ser o tamanho do estrago. Mais uma vez o stop mostrou sua utilidade, já imaginou quem está comprado ainda, o que deve estar pensando em fazer, vender ou esperar melhorar?

No post tendências-chinesas, eu tracei uma hipótese para a cotação do dólar contra o real: ...Notem, que eu separei em 3 movimentos (vermelho azul e verde) com um formato de zig-zag. Anotei no gráfico de cada cor 3 pontos. Essa última característica indica que estamos numa correção, isso é muito importante daqui algum tempo. A cada término do trio de cores, aparece uma onda chamada de "X", que separa este movimento todo, para o início de um próximo, semelhante, não igual, mas que mantem a mesma sequência...
Podem esquecer, só valeu pelo exemplo didático, pois o dólar resolveu tomar outro rumo. OK, é assim mesmo, correção é imprevisível. Vou fazer outra tentativa, veja a seguir.
Pronto, que tal? Apenas uma "remodelação". Quem manda é o mercado, e ele não faz as vontades do Mosca só para satisfazer o meu ego, também ele não me pega em teimosia. Enquanto o stop não for acionado, o movimento pode ser qualquer um. E como tinha dito no post acima: ...É fundamental que proximamente, a barreira de R$ 3,05 seja rompida... Somente abaixo desse nível, nosso trade ganha impulso. Neste meio tempo, plim, juros para nós!

O SP500 fechou a 2.101, sem variação, o USDBRL a R$ 3,1268, sem variação; o EURUSD a 1,1163, com queda de 0,36%; e o ouro a US$ 1.174, com alta de 0,10%.
Fique ligado!

Nenhum comentário:

Postar um comentário