Inflação: A Revanche

22 de junho de 2015

Um novo reforço para a seleção

Eu assisti alguns jogos da Copa América, e o que prevalece é uma igualdade por baixo. É surpreendente que a Argentina, a atual vice-campeã Mundial, e com  alguns dos  melhores jogadores do mundo, deveria estar apresentando um futebol muito melhor. No caso do Brasil, o elenco é de bons jogadores, a maioria atua nos melhores times da Europa, além do Neymar, tido como a nova estrela do Barcelona, mas o time...

Mas então por que será, que os jogos estão sendo tão medíocres? Uma primeira razão, seriam os técnicos, nenhum deles atua no exterior. A sua escolha, ainda leva muita dose de bairrismo, uma bobagem! Outro motivo, é que a diferença técnica entre os jogadores, diminui muito nos últimos anos. Me explico, no passado poucos atletas de boa qualidade jogavam no exterior, hoje eles não ficam no país. E natural assumir que, esses que vão ao exterior, adquirem conhecimento técnico e preparo físico muito superiores, enquanto os que aqui ficam, não tem esta oportunidade. Lei do capitalismo aplicado ao futebol.

Mas eu tenho uma sugestão que pode melhorar muito nossa seleção! Estamos vivendo a era da informatização e uma onda de substituição de trabalho das pessoas por robôs. Com uma boa pesquisa, deve-se encontrar um fabricante que produz "jogador robô". Não precisa ser muito habilidoso, basta que saiba cobrar faltas e escanteios, o restante do jogo, ficaria parado. A tática é simples, o Neymar é orientado a driblar todo mundo, quanto mais arrojado, melhor. Até que alguém cometa uma falta. Aí entraria o robô, que com precisão milimétrica, calcula o chute "ótimo". Depois é só comemorar os gols.
Ele já tem nome, Robonaldo! Hahahaha ....

- David, essa você exagerou!
Tirando o lado irônico do Robonaldo, será que algum dia isso não poderia acontecer? Se estão substituindo os humanos em várias funções, porque não no futebol?

Hoje parece ser um dia crítico para o caso da Grécia. Pela manhã o Primeiro-Ministro grego estava reunido com o Eurogrupo para discutir a proposta enviada ontem a noite. Para ser mais preciso, a primeira copia foi enviada, à meia-noite. Os gregos pediram desculpas, a proposta estava errada! A nova foi recebida as 9:30, coisa de pop star!

Depois do término, o grupo europeu ficara reunido para dar ser veredito final. Acontece que, o anúncio deveria acontecer muito tarde da noite, porém foi programado para ser mais cedo, aumentando as especulações que não haverá acordo.
Enquanto isso, o sistema bancário grego já está prestes a jogar a toalha. Adotou um limite não oficial de saque máximo de 3.000 euros por pessoa. A charge de hoje é sugestiva, o caixa do banco assalta o cliente que entra no banco. Espero que os assaltantes daqui não implementem esta ídeia. Ladrão que rouba ladrão, tem cem anos de perdão! Hahahaha ....
Em todo caso, os mercados estão mais animados, com as bolsas subindo, principalmente as da Europa.

No post lei-de-Murphy-é-fichinha, fiz os seguintes comentários sobre o ouro: ...Agora que vocês já estão ficando especialistas em análise técnica, já identificaram um triângulo, onde as cotações do ouro encontram-se contidas. Também já sabem, que em algum momento ele será rompido, e que, o mais provável, é que seja na direção do movimento maior, que neste caso é de queda... 

Não que o jogo já tenha se definido, mas na semana passada o metal ameaçou uma recuperação. Porém, hoje está em queda de US$ 15.
Parece que o mercado resolveu vincular a performance do ouro, em função da situação da Grécia, se sai o acordo o ouro cai, e caso contrário sobe. Como hoje eu estou cheio de idéias, vou dar uma para dupla pop star. Poderiam aproveitar está relação para resolver definitivamente a sua dívida e mandar a Troika para aquele lugar. Assim com estas indas e vindas, e como eles sabem exatamente o que vão fazer, basta comprarem e venderem ouro.

Agora o mercado não é trouxa, se percebem que a dupla pop star está por trás disso, a reação do mercado será ao contrário. É melhor que sejam rápidos! Hahaha....

O SP500 fechou a 2.112, com alta de 0,61%; o USDBRL a R$ 3,0799, com baixa de 0,53%; o EURUSD a 1,1340, com baixa de 0,10%; e o ouro a US$ 1.185, com queda de 1,17%.
Fique ligado!

Nenhum comentário:

Postar um comentário