2020: O risco vai compensar?

30 de janeiro de 2013

Quem diria!


Quem diria, o euro virou o novo pop star do mercado! Depois de vários meses teve-se dúvida, se o Club Med iria abandonar a moeda única, ou talvez a própria Alemanha, onde selaria a sua morte, agora surge como “a moeda”. Sua valorização é geral e irrestrita, contra o Yen, que virou a bola da vez, Libra, Dólar e etc... Novidade? Não para os leitores do mosca, venho alertando há um bom tempo que a queda não aconteceria agora.

- David, já que é assim, porque você não sugeriu um trade?
Correção! A nossa amiga está traçando uma trajetória difícil de operar, mas o que importa neste momento é não estar na contra mão, oportunidades irão surgir, basta ter paciência, lembre de um dos post mais lidos $ não-é-capim.

Bem, vamos ao gráfico!


A linha em vermelho é minha melhor previsão do que deve ocorrer, uma retração dos níveis atuais ou um pouco mais acima (~1,38) e depois uma alta final na região apontada em vermelho. Somente depois disso eu espero ver o euro abaixo de 1,20. 
O máximo que dá para fazer neste meio tempo, são operações de curto prazo, o que foge ao objetivo do blog. Cést ce!

Este gráfico comparativo entre as atitudes de investidorrs amadores e profissionais, é ilustrativo. Onde você se encaixa?


O SP500 fechou a 1.501, com queda de 0,39%; o real a R$ 1,9902, com alta de 0,24%; o euro a 1,3564, com alta de 0,54% e o ouro a US$ 1.675, com alta de 0,72%.
Fique ligado!


Nenhum comentário:

Postar um comentário