2020: O risco vai compensar?

11 de outubro de 2012

K.I.S.S.


K.I.S.S. – Keep it simple stupid, é uma sigla muito usada nos Estados Unidos para explicar algo muito complexo de uma forma simples, e o seu significado é evidente: Não complica!
Na charge ao lado, fica visualmente fácil de entender as forças que estão atuando na economia mundial, os pesos amarrados correspondem aos efeitos da desalavancagem, e o balão os helicópteros. Eu venho postando diversas informações sobre as duas forças, que agem em sentido contrário, e daqui para frente vou me referir a esta figura quando for este o assunto.

Então vejam a seguir a somatória das dívidas acumuladas pelos países, em relação ao PIB. Notem que o aumento dos últimos anos é devido aos inúmeros helicópteros.


Em seguida que percentagem destas dívidas ainda são classificadas como AAA.


Que tal, dá para dormir tranquilo? Por enquanto os investidores buscam ganhar algum retorno, qualquer um, mas no futuro, em algum momento, a solvência será questionada e os investidores irão a busca de ativos reais, com medo que seus títulos virem pó! Este é um dos principais motivos que eu recomendo não comprar nenhum título longo, pois quando este temor se instalar, as taxas de juros dos títulos Governamentais, irão literalmente para o espaço, e aí não adianta o FED, BOJ, ou quem quer que seja mandar mais helicópteros, o combustível vai valer mais que as notas lançadas! Hahahahah.....

K.I.S.S – Invista somente em ativos com stoploss pré-definido e liquidez imediata.

Um analista que eu venho acompanhado ultimamente, Barry Ritholtz, produz um material bem interessante. Esta semana ele participou de um seminário cujo assunto da sua apresentação foi Behavioral Economics and Neuro-Finance. Gostei bastante e vou publicar periodicamente alguns destes slides.

É impossível ler este slide e achar que não se aplica a qualquer um de nós, pois informações ou realidades que contrariam nossa crença, geraram a dor de assumir um erro, então é melhor não ler, desprezar ou pior "manipular" os fatos, como na figura acima. 
Da próxima vez que se deparar com algo que não concordam, lembre deste slide.

O SP500 fechou a 1.432, sem alteração; o real a R$2,0415, sem alteração; o euro a 1,2926, com alta de 0,57% e o ouro a US$ 1.767, com alta de 0,33%.
Fique ligado!

Nenhum comentário:

Postar um comentário