2020: O risco vai compensar?

22 de outubro de 2012

Tombo da Google


Acho que é desnecessário eu comentar sobre o Google, pois acredito que, qualquer pessoa que tenha um computador, se utiliza de alguma de suas ferramentas, é muito poderoso. Agora vejam as fotos de seus servidores, parecem filme de ficção científica.

Como vocês perceberam, estou variando um pouco os assuntos da introdução dos posts, ficar falando de mais uma reunião dos Europeus, e que no final a Alemanha não concorda com algum outro país, está virando rotina, prefiro que vocês leiam nos jornais, ou nem leiam! Bem, na sexta-feira terminou uma dessas reuniões, onde a França entrou em discórdia com os Alemães, na criação de uma supervisão do sistema bancário Europeu.

Da última vez que comentei sobre as ações da Apple, foi no post tempos-modernos, onde já começava um movimento de baixa, daí em diante continuou caindo e no fechamento de hoje, estava nas mínimas deste período, com uma retração de 15%. 
Eu calculo, que este movimento pode terminar com uma queda acumulada de 35%! Parece que meus argumentos, que a Apple não é mais a mesma companhia, estão se materializando. 

Outro Pop Star, que teve somente algumas horas de glória, está largado sem nenhum interesse e não é mais notícia, Facebook. Vejam a evolução dos preços desde seu lançamento, caiu 50% em 3 meses, um excelente investimento! E eu ainda fui bonzinho, nem levei em consideração o preço máximo de U$ 49,00.

E por último, as ações da Google passaram um "sufoco" na quinta-feira, quando inadvertidamente a SEC publicou seus resultados trimestrais durante o pregão, se estes tivessem subido de acordo com o que o mercado esperava, este evento seria uma nota de rodapé, mas como os lucros caíram 20%, as ações despencaram 15% em 3 dias, veja o detalhe a seguir.

Será que as ações estão enviando algum alerta? Na minha análise semanal, já sinalizou um retrocesso, mas ainda não rompeu o ponto que comentei no post quanto-mais-quente-melhor. Como vocês puderam ver acima, o setor de tecnologia não está numa fase muito boa, e como a segurança dos investidores estão num nível muito baixo, toda atenção é necessária. Tecnicamente seria mais "correto"  o SP500 experimentar uma nova alta, porém,caso não aconteça, o movimento apontado no gráfico pode ser considerado truncado, o que é bastante raro, mas como estamos em tempos "raros", tudo é possível. Coloquem literalmente o goggle (óculos de proteção)! Hahahahah...


O SP500 fechou a 1.433, sem variação; o real a R$ 2,0238, com baixa de 0,13%; o euro a 1,3059, com alta de 0,27% e o ouro a US$ 1.727, com alta de 0,44%. 
As publicações diárias serão postadas mais tarde, em função do novo horário de verão.
Fique ligado!

Nenhum comentário:

Postar um comentário