Inflação: A Revanche

19 de novembro de 2015

Mais helicópteros nos USA?

Ontem foi publicada a minuta da última reunião do FOMC. Embora este assunto já esteja ficando "chato", achei importante destacar alguns pontos desse documento. A seguir, alguns argumentos contra e a favor de um aumento já. Notem que existem menos participantes engajados para elevar os juros - A number of participants, contra os que desejam esperar mais algum tempo - Several participants.
Até aí, já sabemos que o FED continua dividido, mas que tinha um grupo querendo aumentar os estímulos foi uma surpresa para mim.
Acredito que esses membros tenham o receio que mencionei no post de ontem: ..."o pior que poderia acontecer, seria o FED ter que interromper este movimento depois da primeira ou segunda alta, o mercado tenderia a perder muita credibilidade na autoridade monetária americana"...

Todos os países, desde a recessão de 2008, não tiveram sucesso em elevar os juros e sustentar condições financeiras maia apertadas, recuando um tempo depois -veja gráfico abaixo. Será que com o FED vai funcionar? Mesmo com todos estes indícios, eu continuo acreditando que eles irão subir os juros em dezembro.
Vejam a seguir, os países que estão contribuindo para o crescimento do mundo. Alguém viu o Brasil? Ah, esqueci que estamos contribuindo negativamente!

Hoje o post será mais "compacto" em virtude do feriado, afinal ninguém é de ferro! Hahaha...

No post resultado-dos-helicópteros, propus uma operação de alta dos juros de 10 anos americanos: ..."Acredito que vale uma aposta na alta dos juros, ao nível de 2,25% a.a. com um stop a 2,13% a.a. Isso, no contrato futuro, corresponde a uma perda de 1%, com a possibilidade de ganho de 4% no primeiro intervalo, e 7% no segundo. Vamos lá Yellen!"... Que acabou se concretizando alguns dias depois.
O gráfico a seguir dá uma ideia mais abrangente do objetivo que estou tentando alcançar. Apontei em vermelho no gráfico os pontos assinalados acima como targets e stoploss, e o nível de 2,4% passa a ser importante para abrir a porta dos objetivos do Mosca.
- David, e o que significa o ponto com uma interrogação?
Boa pergunta, queria ver se estava atento! Na verdade, eu teria que colocar o stop neste ponto aí, ao redor de 1,9% a.a. Este é o nível correto, do ponto de vista técnico, mas por que eu não fiz? Primeiro que este movimento atual parece impulsivo, não seria esperado que viesse abaixo dos 2,13% a.a., e segundo para evitar prejuízos maiores, num mercado que vem andando de lá, para cá. Vamos ver o que acontece.

O SP500 fechou a 2.081, com baixa de 0,11%; o USDBRL a R$ 3,7188, com queda de 1,26%; o EURUSD a 1,0732, com alta 0,73%; e o ouro a US$ 1.081,com alta de 1,12%.
Fique ligado!


Nenhum comentário:

Postar um comentário