Inflação: A Revanche

27 de maio de 2016

100.000!


Está semana o Mosca atingiu a marca de 100.000 visitas! Eu havia colocado dois objetivos que depois de atingido considerava  Missão Cumprida. O primeiro era publicar o milésimo post e outro essa marca no número de visitas.

Durante esses quase cinco anos, considero que muitas foram minhas conquistas: melhoria na escrita, disciplina na busca de material para publicação, e aprimoramento nas técnicas de operações sugeridas. O Mosca, como qualquer processo, evoluiu.

Quantos não foram os dias que não tinha nada de interessante a publicar, buscava daqui e dali e nada! Mas a necessidade de “estar nas bancas” no final do dia, acelerava minhas pesquisas e sempre encontrei assuntos que considerei de utilidade aos leitores.

Outro tema que venho buscando expor é a análise técnica, esse de maior dificuldade de compreensão pelas suas particularidades. Vocês já perceberiam que me tornei um crítico da análise fundamentalista, principalmente em assuntos macro econômicos, minha experiência mostrou que o risco x retorno com essa técnica não é positivo. Para quem gostar do tema, sugiro um aprofundamento com algum curso, ou mesmo com a leitura de livros especializados, mas adianto que é um caminho longo de absorção. Vale a pena!

- David, isso é uma carta de despedida?
Como poderia ficar sem seus comentários ácidos? Não, vou continuar, e a princípio do mesmo modo. Na próxima semana ninguém mais vai se lembrar deste momento, como dizia minha mãe “a vida continua”. Certamente o próximo Milestone que me vem a cabeça, é o de 1.000.000 de visitas. Acho que esse não vai dar no ritmo atual, eu teria 110 anos de idade! Assim, ou a visitação aumenta exponencialmente ou vou ter que me contentar em chegar aos 200.000, o que não é pouca coisa.
Vamos em frente! A todos os leitores que leem assiduamente meu trabalho, muito obrigado!


Fique ligado!

Um comentário:

  1. marcos czeresnia30 de maio de 2016 11:17

    Grande feito David !!!!!
    Parabéns e vamos em frente.
    Rumo aos 1.000.000 de views muito antes dos 110 anos.
    Grande abraço Marcos Czeresnia

    ResponderExcluir